5 Dicas para Comprar Carro Usado sem Dor de Cabeça

Comprar carro usado pode ser uma ótima opção para economizar dinheiro e evitar a desvalorização dos veículos novos. No entanto, também pode ser uma fonte de problemas e frustrações se você não tomar alguns cuidados básicos. Neste artigo, vamos te dar 5 dicas para comprar carro usado sem dor de cabeça e fazer um bom negócio.

O que é um carro usado?

Um carro usado é aquele que já teve um ou mais proprietários anteriores e que não é mais considerado novo pela fabricante ou pelo mercado. Geralmente, um carro é considerado usado depois de um ano de uso ou 20 mil quilômetros rodados, mas isso pode variar de acordo com a marca, o modelo e o estado do veículo.

Esse é o Melhor chá para secar barriga

Por que comprar um carro usado?

Comprar um carro usado tem algumas vantagens em relação a comprar um carro novo, como:

  • Preço mais baixo: você pode economizar até 40% do valor de um carro novo comprando um usado, dependendo do ano, do modelo e da quilometragem.
  • Menor desvalorização: um carro novo perde cerca de 20% do seu valor assim que sai da concessionária, e continua perdendo valor a cada ano. Um carro usado já sofreu essa desvalorização inicial e tende a se manter mais estável no mercado.
  • Maior variedade: você pode encontrar carros usados de diferentes marcas, modelos, cores e acessórios, e escolher aquele que mais combina com o seu gosto e necessidade.
  • Menor imposto: o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é calculado com base no valor venal do veículo, que é menor para os carros usados. Assim, você paga menos imposto ao comprar um carro usado.

Como comprar um carro usado sem dor de cabeça?

Apesar das vantagens, comprar um carro usado também exige alguns cuidados para evitar problemas futuros. Aqui estão 5 dicas para comprar carro usado sem dor de cabeça:

7 Passos para Financiar um Carro 0km

  1. Pesquise bem antes de comprar: faça uma pesquisa na internet e em revistas especializadas sobre os modelos de carros usados que te interessam, e compare os preços, as características e as opiniões dos proprietários. Assim, você pode ter uma ideia do valor justo do veículo e das possíveis falhas ou defeitos que ele pode apresentar.
  2. Verifique a procedência do veículo: antes de fechar negócio, verifique se o carro tem algum tipo de restrição judicial, administrativa ou financeira, como multas, impostos atrasados, alienação fiduciária ou sinistro. Você pode consultar essas informações pelo número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) no site do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) do seu estado ou em sites como o Checkauto ou o Carro Legal.
  3. Faça uma vistoria completa: leve o carro a um mecânico de confiança ou a uma empresa especializada em vistoria veicular para checar as condições mecânicas, elétricas e estruturais do veículo. Verifique se há sinais de batidas, ferrugem, vazamentos, desgaste excessivo ou adulteração no hodômetro (contador de quilometragem). Teste também o funcionamento dos freios, da direção, da suspensão, dos pneus, dos faróis, das lanternas e dos vidros elétricos.
  4. Faça um test drive: dirija o carro em diferentes situações e velocidades para avaliar o seu desempenho, conforto e segurança. Observe se há ruídos estranhos no motor, na transmissão ou na suspensão, se há trepidações ou vibrações no volante ou nos pedais, se há fumaça ou cheiro de queimado no escapamento ou se há dificuldade para engatar as marchas ou para ligar o ar-condicionado.
  5. Negocie com cautela: depois de escolher o carro e verificar as suas condições, é hora de negociar o preço com o vendedor. Não aceite o primeiro valor que ele pedir, mas também não faça uma oferta muito baixa que possa ofendê-lo ou desestimulá-lo. Tente encontrar um meio-termo que seja justo para ambas as partes, e leve em conta os possíveis gastos que você terá com o carro, como revisão, reparos ou documentação.

Quais são as melhores opções de carros usados?

Existem muitos modelos de carros usados disponíveis no mercado, mas alguns se destacam pela sua qualidade, durabilidade e custo-benefício. Aqui estão algumas sugestões de carros usados que valem a pena comprar:

10 Dicas para Comprar Carro Barato

  • Toyota Corolla: é um dos carros mais vendidos e elogiados do mundo, por sua confiabilidade, conforto e economia. Tem um bom valor de revenda e baixo custo de manutenção.
  • Honda Civic: é outro carro que alia design, tecnologia e desempenho. Tem um motor potente e eficiente, um espaço interno generoso e uma boa reputação no mercado.
  • Chevrolet Onix: é o carro mais vendido do Brasil há vários anos, por seu preço acessível, seu baixo consumo de combustível e sua conectividade. Tem uma boa oferta de peças e serviços e uma ampla rede de concessionárias.
  • Hyundai HB20: é um carro que conquistou os brasileiros pela sua beleza, praticidade e segurança. Tem um porta-malas espaçoso, um painel moderno e uma garantia de cinco anos.
  • Volkswagen Gol: é um carro que dispensa apresentações, por sua tradição, simplicidade e versatilidade. É fácil de dirigir, de estacionar e de encontrar peças e acessórios.

Quais são as dúvidas mais comuns sobre comprar carro usado?

Comprar carro usado pode gerar algumas dúvidas, especialmente para quem está fazendo isso pela primeira vez. Aqui estão algumas das perguntas mais frequentes sobre o assunto:

  • Como saber se o carro usado está em boas condições? R: A melhor forma de saber se o carro usado está em boas condições é fazendo uma vistoria completa com um profissional qualificado ou uma empresa especializada. Além disso, você pode pedir ao vendedor o histórico de manutenção do veículo, os documentos originais e as notas fiscais dos serviços realizados.
  • Como financiar um carro usado? R: Para financiar um carro usado, você precisa ter uma renda compatível com o valor das parcelas, um bom histórico de crédito e uma entrada mínima de 10% do valor do veículo. Você pode financiar o carro usado diretamente com o banco, com a concessionária ou com a financeira. Compare as taxas de juros, os prazos e as condições de cada opção antes de escolher a melhor para você.
  • Como transferir a documentação de um carro usado? R: Para transferir a documentação de um carro usado, você precisa preencher o CRV (Certificado de Registro do Veículo) com os dados do comprador e do vendedor, reconhecer firma em cartório e pagar as taxas do Detran. Você também precisa fazer a vistoria do veículo e emitir o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) no nome do novo proprietário. O prazo para fazer a transferência é de 30 dias após a compra do veículo.
  • Como evitar golpes ao comprar carro usado? R: Para evitar golpes ao comprar carro usado, você deve tomar alguns cuidados, como:
    • Desconfie de ofertas muito abaixo do valor de mercado ou com facilidades excessivas.
    • Não faça depósitos ou pagamentos antecipados sem ter certeza da procedência do veículo e do vendedor.
    • Não compre carros sem ver pessoalmente ou sem fazer um test drive.
    • Não assine nenhum documento sem ler atentamente ou sem consultar um advogado.
    • Verifique se o veículo tem algum tipo de restrição ou pendência no Detran ou em outros órgãos.

Veja como emagrecer 1 Kg por semana sem parar de comer

Conclusão

Comprar um carro usado pode ser uma ótima alternativa para quem quer economizar dinheiro e ter mais opções de escolha. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados para evitar problemas e arrependimentos. Seguindo as dicas que demos neste artigo, você pode comprar carro usado sem dor de cabeça e fazer um bom negócio.

Receba nosas dicas e Receitas diariámente, entre no nosso GRUPO DO WHATSAPP

E você, já comprou ou pretende comprar um carro usado? Quais são as suas dúvidas e dificuldades? Deixe um comentário abaixo e compartilhe a sua opinião e experiência conosco. Obrigado pela leitura e até a próxima!

One Reply to “5 Dicas para Comprar Carro Usado sem Dor de Cabeça”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *